logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Governo deve comprar equipamento para o Aeroporto de Santo Ângelo até 20 de dezembro

Compartilhe!

O governador Ranolfo Vieira Júnior recebeu uma comitiva de Santo Ângelo nesta terça-feira (22), em reunião organizada pelo deputado Eduardo Loureiro para tratar do Aeroporto Regional, principalmente sobre a compra do Papi, equipamento de segurança que auxilia os pilotos na hora do pouso. Devido à falta dele, dois voos vindos de São Paulo não conseguiram pousar nas últimas semanas. O governador detalhou que até 20 de dezembro todo o processo de compra, do edital até a homologação, será concluído.

Ranolfo explicou que a parte mais demorada, a elaboração do termo de referência do objeto a ser adquirido, já está finalizada. Caso algum contratempo jurídico ou administrativo ocorra com a licitação, o plano B já está acertado, ou seja, a Prefeitura de Santo Ângelo vai proceder ela mesma a compra do Papi. Nesse meio tempo, há ainda outra medida que pode resolver provisoriamente o problema, que é locar um equipamento similar junto à Infraero. “Se tiver disponível para locação e instalação imediata, já deixo aqui autorizado a fazer isso”, reforçou o governador.

FUTURO 

A concessão do Aeroporto Regional de Santo Ângelo à iniciativa privada, que é um dos planos do governo do Estado, também foi discutida, assim como as obras de ampliação e modernização da pista e do terminal, que podem trazer investimentos de R$ 44 milhões ao local. Os estudos prévios, no entanto, estão muito atrasados e a desejar. Por isso, o governo estuda a possibilidade de reincidir o contrato com a empresa Incorp, responsável pelos projetos iniciais, e fazer um novo contrato, desta vez com a Infraero, órgão com expertise em obras aeroviárias. Já sobre a concessão, o governo garante que não irá tomar nenhuma medida antes de ouvir e debater com a comunidade.

SECRETÁRIOS 

O governador pediu ainda a atenção total ao processo. Para tanto, levou ao encontro desta terça-feira nada menos do que os secretários da Fazenda (Leonardo Busatto), da Casa Civil (Artur Lemos), dos Transportes (Luiz Gustavo) e do Planejamento (Claudio Gastal), além do procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa. De Santo Ângelo, além do deputado Loureiro e do prefeito Jacques Barbosa, também estiveram os empresários Elso Everling e Paulo Dallaporta, bem como o presidente da Câmara, vereador Vando Ribeiro, e Álvaro Thiesen, do movimento Missões 20-30.

Fonte: João Silvestre | Assessoria de Imprensa do deputado Eduardo Loureiro

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.