Garruchos: rio Uruguai baixou, moradores tentam voltar para casa

Compartilhe!

Em entrevista ao Jornal da Manhã, Carlos Cardinal, prefeito de Garruchos, falou sobre a reunião ontem em Porto Alegre. Na oportunidade, os secretários do estado conversaram com os prefeitos sobre as medidas que poderão ser tomadas para ajudar as cidades atingidas pela enchente.

Conforme Cardinal, a principal reivindicação dos prefeitos é a validação dos decretos de emergência para que as prefeituras possam receber os recursos. Citou exemplo de Santo Antônio das Missões, que foi atingido por uma chuva de pedras há alguns anos. Na oportunidade foi decretado Estado de Emergência, porém até hoje o município não recebeu nenhum recurso.Outra solicitação é a destinação de recursos livres para serem aplicados nos reparos em estradas e limpeza das cidades.

Em Garruchos, os moradores iniciaram uma operação de limpeza, porém é grande acumulo de entulho, como árvores, madeira e objetos como garrafas Pet.O município recebeu dois caminhões com donativos da Defesa Civil e outro deverá chegar nesta semana. Roupas, cobertores, colchões, alimentos e itens de limpeza foram distribuídos às famílias atingidas. Cardinal também sugeriu na reunião a antecipação do seguro aos pescadores, que seria pago em novembro. Em Garruchos, mais de 200 pescadores perderam suas casas, galpões e objetos de trabalho. As reivindicações dos prefeitos serão analisadas pelo Governo do Estado.