Fecoagro divulga estimativa de custo da safra de trigo 2014

Compartilhe!

Na manhã desta terça-feira (13), a Federação das Cooperativas Agropecuárias do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS) promoveu uma entrevista coletiva de imprensa para divulgar a estimativa do custo de produção da lavoura de trigo safra 2014. Na ocasião, o presidente da FecoAgro/RS e diretor secretário do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Paulo Pires, e o economista e superintendente da FecoAgro/RS, Tarcisio Minetto, apresentaram o estudo técnico e falaram sobre temas como a armazenagem e segregação do trigo, bem como sobre a busca dos moinhos gaúcho pela padronização do trigo.

O levantamento realizado pela entidade tomou como base os preços dos insumos praticados até a primeira semana do mês maio deste ano e considerou a produtividade média de 45 sacas por hectare (2.700Kg/ha).

A estimativa realizada pela Federação tem o propósito de apurar e avaliar a possibilidade de rentabilidade dos produtores associados às cooperativas singulares, sendo que também visa servir de base para discussão das políticas públicas, como definição de preços mínimos, mecanismos e instrumentos de apoio à comercialização do trigo.

Nesta safra a estimativa é de um aumento de área no Rio Grande do Sul em torno de 5% acima dos 1,03 milhão de hectares cultivados no Estado na safra passada, com potencial de produção de um volume superior a 3,2 milhões de toneladas. No Brasil as projeções são de uma área de 2,5 milhões de hectares, com um crescimento de 15,2% em relação à safra anterior, com capacidade produtiva na ordem de 7 milhões de toneladas, conforme dados da Conab, contra uma demanda de 11,5 milhões de toneladas.

O Sistema Ocergs-Sescoop/RS esteve representado também pelo analista técnico Guilherme Schaedler de Almeida. Dentro de 90 dias, a FecoAgro/RS irá divulgar os custos de produção das culturas de verão e revisão do trigo.