Familiares tentam entrar com drogas e objetos ilícitos no Presídio de São Luiz Gonzaga

Compartilhe!

Maconha, cocaína, aparelho celular e carregadores foram flagrados em meio aos pertences durantes visita

Os agentes penitenciários do Presídio Estadual de São Luiz Gonzaga, com apoio da Brigada Militar e Polícia Civil, realizou neste domingo (6) a prisão em flagrante de dois familiares de apenados por estarem tentando entrar com drogas e outros objetos na penitenciária em meio aos pertences.

Por volta das 14h25, foi encontrado em um frasco de shampoo, portado pela companheira de um preso, diversas porções de substâncias entorpecentes escondidas, sendo 38 buchas de maconha, pesando 124 gramas e quatro buchas de cocaína, com 19,4 gramas.

Neste mesmo horário, os agentes encontraram, também, em um frasco de alvejante, um celular, seus carregadores e dois chips. Os materiais haviam sido levados por uma mãe de um apenado.

Por fim, as 15h10, foram localizados, dentro de um pão caseiro levado por uma esposa, um fone de ouvido e um carregador. Os itens foram recolhidos e restaram, pelos fatos, duas prisões em flagrante.

Em entrevista no Programa Cidade Alerta, o administrador do presídio, Claudio Dalpizzol, destacou que o aparelho de raio-x, utilizado nas revistas de material para quem entra na penitenciária, está com problemas. O equipamento, que estava em funcionamento e instalado desde a  Copa do Mundo de 2014, necessita de manutenção ou troca, o que deverá acontecer nas próximas semanas. Isso está exigindo uma maior fiscalização pelos agentes penitenciários, tendo em vista que tem aumentado a chamada “criatividade” por parte daqueles que tentam colocar para dentro da penitenciária vários tipos de materiais ilícitos.

This slideshow requires JavaScript.

Rádio Missioneira