EXPOINTER 2018: Jovem Puxador incentiva amor pela atividade leiteira - Rádio MissioneiraRádio Missioneira
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
2 de setembro de 2018
55.99986.2313 (55) 3352-4141

EXPOINTER 2018: Jovem Puxador incentiva amor pela atividade leiteira

2 de setembro de 2018 l 04:09
Materia atualizada: 02/09/2018 l 04:09




Compartilhe!

 O amor pela atividade leiteira começa cedo. Neste sábado, 1º de
setembro, a Associação dos Criadores de Gado Holandês do Rio Grande do Sul
(Gadolando) promoveu na pista do gado leiteiro, no Parque de Exposições Assis
Brasil, em Esteio (RS), um curso com crianças para que elas aprendam a tratar
com bezerros e conheçam mais sobre os animais e seus comportamentos. No fim da
tarde, foi realizada a apresentação Jovem Puxador, na qual os pequenos
conduziram suas terneiras simulando um concurso real. Ao final da atividade,
todos os participantes receberam medalhas e um prêmio pela participação. 

 Precisamos gerar sucessores entre os filhos de produtores para perpetuar
a prática deste trabalho tão bonito, ressaltou Rubimar Franco, presidente do
Conselho Técnico da entidade, acrescentando que o próximo passo será trabalhar
com adolescentes. O leite sustenta, dá alimento e traz renda tanto para o
Estado quanto para as famílias, então temos que estimular os jovens a dar
continuidade ao ofício lá nas propriedades, reforçou.

 A programação da Gadolando neste sábado também contou com duas palestras
técnicas para os jovens criadores. O médico-veterinário, Lucas Tomasi, técnico
e classificador da entidade, falou sobre o Manejo na Criação de Terneiras.
Relatou os principais cuidados que devem ser tomados antes e depois do
nascimento dos animais. É muito importante que a vaca antes de parir fique em
um local que lhe cause o mínimo de estresse, com conforto e dieta correta. O
nascimento deve ocorrer em um ambiente seco e limpo e para garantir a imunidade
da terneira a colostragem precisa ser feita até duas horas após o nascimento,
ou seja, ingerir o colostro que desce antes do leite, explicou.

 No primeiro dia de vida, o criador tem que dar atenção à limpeza,
secagem, desinfecção do umbigo e pesagem. A partir disso, até o terceiro mês de
vida da terneira, os cuidados são rotina na alimentação, monitoramento no ganho
de peso e o registro dos animais. Do terceiro mês em diante, os cuidados são
com o desmame, programa de vermifugação, vacina contra a brucelose e avaliação
de ganho de peso mínimo de 750 gramas por dia, salientou.

 A outra palestra, Avaliação Fenotípica: A morfologia e a evolução da
vaca holandesa, foi ministrada no estande da Bayer, na Expointer, pelo vice-presidente
de Eventos da Gadolando, o médico veterinário José Ernesto Ferreira. Os tópicos
abordados mostraram os principais fatores que devem ser observados para se
definir o que é uma boa vaca. Segundo Ferreira, é necessário observar a
aparência geral do animal, como feminilidade, estrutura, capacidade,
profundidade sustentada, qualidade óssea, pernas com curvatura. Também destacou
que o sistema mamário é fundamental, tem que ter profundidade de úbere.

 Ferreira colocou ainda a questão do melhoramento feito através do
controle leiteiro, inseminação artificial, transferência de embriões, análise
de mérito das vacas, genoma, qualidade de nutrição, entre outros. Queremos uma
vaca com muito leite e que viva bastante tempo, ressaltou. 

 


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados