Eleições 2020: candidato do PT sugere mudanças no sistema de saúde e alerta para queda no índice do IDEB - Rádio Missioneira - São Luiz Gonzaga - RS
55.99986.2313 (55) 3352-4141

PREVISÃO DO TEMPO

São Luiz Gonzaga
16 de outubro de 2020
55.99986.2313 (55) 3352-4141

Eleições 2020: candidato do PT sugere mudanças no sistema de saúde e alerta para queda no índice do IDEB

Candidato do PT Rodrigo Veleda e seu vice Ivo Angnes. Foto: Genaro Caetano/Rádio Missioneira
16 de outubro de 2020 l 15:07
Materia atualizada: 16/10/2020 l 15:07




Compartilhe!

Pela segunda vez os candidatos do Partido dos Trabalhadores de São Luiz Gonzaga fizeram uso da palavra em nossa emissora para levar suas propostas de gestão a partir de 2021. Rodrigo Veleda, candidato a prefeito, e Ivo Angnes, candidato a vice, estiveram no estúdio da Rádio Missioneira para reforçar a divulgação de seu plano de governo.

Afirmando que hoje não observa um bom atendimento no serviço municipal de saúde, Veleda criticou o sistema de agendamento de consultas atual, comprometendo-se em dar um fim à prática de sorteio das fichas. Segundo o candidato, no sistema proposto, o paciente saberá com antecedência o dia e horário onde serão atendidos pelo médico (a). Integração dos dados da atenção básica com o Hospital São Luiz Gonzaga também será feita, com vistas a otimizar o serviço de saúde como um todo.

Ainda sobre o HSLG, Veleda reforçou que o Prefeito, mesmo delegando funções administrativas, tem toda a responsabilidade sobre a gestão do Hospital. Por não ver hoje uma boa condução neste processo, ele pretende fazer com que o poder Executivo assuma, de fato, o protagonismo na gestão do HSLG. Outro ponto importante é que, dos recursos captados para o Hospital, a maioria, segundo Veleda, foi proveniente de deputados do PT, com apoio dos deputados como Paulo Pimenta (R$ 1 milhão), Bohn Gass, Maria do Rosário, Jeferson Fernandes, isso mesmo sem ser governo.

Um HSLG 100% SUS é outra meta da chapa petista, fazendo com que a instituição tenha capacidade de captar um volume maior de recursos. Finalizando as propostas na área da saúde, Veleda informou que buscará efetivar a instalação da UTI e serviço de hemodiálise no HSLG, pois já faz muito tempo que este tema é assunto de debates eleitorais, sem nunca sair do papel.

Passando para a educação, revelou que São Luiz Gonzaga aparece abaixo da meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica e isso não é mostrado pela atual administração, que assumiu a Prefeitura dentro da meta. No índice do 4º ao 5º ano, por exemplo, em 2017, o índice de São Luiz estava em 5.5, considerando que a meta era de 5.3. Em 2019, em nova avaliação, constatou-se que o município apresentava índice de 5.3, já com uma meta de 5.6. Já do 8º a 9º ano, São Luiz esteve dentro da meta pela última vez em 2011 e vem caindo mais.

Para melhorar esses índices, Veleda propõe implantar salas de aula formatadas para o tipo de matéria que o aluno estará aprendendo. No tocante a criação de vagas na educação infantil, ele questionou a criação de 315 vagas na atual administração, que não construiu nenhuma dessas escolas em seu mandato. Também defendeu o incentivo ao programa Escola Aberta, que também visa a inclusão social.

Chegando ao terceiro item, referente aos servidores o candidato do PT disse que, se eleito, manterá um diálogo aberto com os mesmos, buscando valorizá-los e buscando sempre uma remuneração justa. Criticou a proposta de desmembramento do salário básico os servidores, o que acabaria com o avanço de carreira, afirmando que resolverá essa questão por meio de lei. Sabe que, por vedação de lei, não é possível fazer concurso público, salvo para reposições, isso até o final de 2021. No entanto, observa-se a necessidade urgente de contratações, mesmo para reposição de servidores e isso se reflete até mesmo na manutenção das contribuições para o Fundo de Aposentadoria.

Contrário a funções gratificadas e cargos de confiança que não respeitam a Constituição, Veleda disse que há muitas irregularidades nesse sentido e que isso deve acabar. Destacou a necessidade de implantação de uma procuradoria e controladoria geral do município, com o objetivo, entre outros, de evitar situações como a ocorrida com equipamentos que sumiram do Hospital Materno Infantil e ninguém ficou sabendo onde foram parar. Finalizou pedindo ao confiança de todos ao projeto de sua chapa, afirmando que a mudança está ao alcance de todos.

Rádio Missioneira


Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados