logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Dois homens são indiciados por morte de empresário em Santo Ângelo

Compartilhe!

Dois homens de 23 e 42 anos foram indiciados pela morte de Emerson Santos dos Reis, 32 anos, ocorrida em fevereiro, em Santo Ângelo. O autônomo que fazia negócios com compra e venda de carros foi sequestrado quando chegava da academia e encontrado morto cinco dias depois em uma lavoura de Giruá, no noroeste gaúcho. 

Segundo a Polícia Civil, os investigados foram indiciados por extorsão mediante restrição da liberdade da vítima com resultado morte e ocultação de cadáver. Os dois já estão presos, sendo um na Penitenciária Modulada de Ijuí. O inquérito foi remetido ao Ministério Público na última semana. 

Autor confessor do crime, o acusado de 23 anos é apontado como executor do assassinato de Emerson. Durante a investigação, ele foi preso de forma temporária e, agora, a prisão foi convertida para preventiva. O outro acusado, de 46, cumpre pena na Penitenciária Modulada de Ijuí. A polícia chegou até ele porque era o titular da conta bancária para onde foram transferidos os valores cobrados durante a extorsão. Outroenvolvido no crime, de 24 anos, foi morto dias depois do sequestro em um local conflagrado pelo tráfico de drogas em Alvorada, na Região Metropolitana. De acordo com o delegado, a morte dele não tem a ver com o sequestro de Emerson. 

Apesar da conclusão do inquérito, as investigações ainda não chegaram ao fim, uma vez que o crime teve a participação de quatro pessoas e um dos suspeitos ainda não foi identificado. 

A investigação concluiu, ainda, que o objetivo do sequestro da vítima foi por questões financeiras e patrimoniais. Por causa do estado avançado de decomposição, a perícia não conseguiu apontar a causa da morte. Porém, o autor confessor do crime afirmou que baleou a vítima depois que Emerson tentou tomar a arma dos sequestradores. Além disso, o homem não permaneceu em cativeiro, disse o delegado. 

— Ele (Emerson) foi sequestrado às 22h e ficou sob o poder dos criminosos até a manhã do dia seguinte, rodando pelas rodovias, até que chegaram à área rural da divisa de Santo Ângelo e Giruá, onde abandonaram o carro. Apuramos que a vítima morreu entre as 6h e 7h da manhã desse dia — afirmou Santos. 

Não há evidências que apontem a intenção dos sequestradores em matar Emerson previamente. 

— A morte foi em decorrência da extorsão, quando ele (a vítima) teria tentado tomar a arma de um dos criminosos — termina. 

 

Foto: arquivo pessoal

Fonte: GZH

 

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.