Dezesseis de Novembro sediará Seminário Ambiental da Eletrosul

Como parte da programação alusiva ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Eletrosul promoverá, nos dias 4 e 5 de junho, o 2º Seminário Ambiental dos Municípios Abrangidos pela Usina Hidrelétrica Passo São João – empreendimento da estatal no Noroeste do Estado. O evento será realizado no Salão Paroquial de Dezesseis de Novembro e prevê, além de palestras, a 2ª Mostra Regional de Ações Ambientais. Neste ano, o tema “O futuro das novas gerações depende das nossas ações” envolverá empresas, órgãos públicos e instituições de ensino na discussão de propostas e ações de responsabilidade socioambiental, especialmente nas cidades do entorno da hidrelétrica.

Durante os dois dias, profissionais de diversas áreas irão contribuir com as discussões, que tratarão de temas como recursos hídricos; resíduos e a promoção da qualidade de vida; monitoramento e conservação da água do reservatório da usina; piscicultura como alternativa de produção familiar; agroecologia e meio ambiente; saúde alternativa com uso de plantas medicinais; e a experiência da Eletrosul em sistemas de tratamento de esgoto doméstico.

O 2º Seminário Ambiental dos Municípios Abrangidos pela Usina Hidrelétrica Passo São João começa na quarta-feira (04/06), às 8h30, com a presença de prefeitos e outras autoridades locais.

Eletrosul na região
Preocupada em contribuir com o desenvolvimento das áreas onde está presente, a Eletrosul desenvolve programas e promove ações contemplando diferentes segmentos, incluindo o campo ambiental. Além da UHE Passo São João e do Centro Regional de Manutenção e Apoio à Operação da Usina, localizados em Roque Gonzales, a estatal possui, no Noroeste do Estado, o Centro Regional de Manutenção e Apoio à Operação de Santo Ângelo e as subestações Santo Ângelo, Ijuí e Missões, essa última em São Luiz Gonzaga.

Ainda no Noroeste do Estado, a Eletrosul coordena projetos de pesquisa em fontes alternativas de geração de energia como, por exemplo, o da Pequena Central Termelétrica de Seberi, que prevê o aproveitamento de resíduos sólidos urbanos. Já na área de inclusão digital, a empresa em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Rio Grande do Sul (Procergs), estuda a implantação de telecentros com acesso gratuito à internet de banda larga em, pelo menos, cinco municípios da região.

A Usina Hidrelétrica Passo São João é o primeiro empreendimento hidrelétrico da Eletrosul no Estado, desde seu retorno à geração. Tem capacidade de 77 megawatts, o que atende ao consumo de uma população aproximada de 580 mil habitantes. A produção da hidrelétrica é um reforço no suprimento energético e reduz a necessidade de intercâmbio de energia do Sudeste para o Rio Grande do Sul.