logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

“Cena de filme de terror”, relata missioneiro que vive em Roca Sales

Compartilhe!

O jovem missioneiro Cléber Marzone, 30 anos, natural de São Luiz Gonzaga, viu de perto a tragédia que assolou o Vale do Taquari. Ele e a família vivem em Rocas Sales, uma das cidades mais castigadas pelas enchentes provocadas pelo ciclone.

Cléber morou também em Dezesseis de Novembro, cidade onde possui muitos conhecidos. Atualmente, ele trabalha em Porto Alegre. Na última segunda-feira (4), ouviu pelo rádio a notícia de que a região estava sendo alagada.

De imediato, Cléber voltou para Roca Sales, onde viu o Rio Taquari invadir tudo. “A água subiu muito rápido mesmo, nunca vi algo assim”. Com a ajuda de amigos, ele conseguiu retirar alguns móveis de sua casa.

“Tiramos sofá, geladeira, micro e forno. Minha namorada pegou duas mudas de roupa, fotos e documentos. Perdemos a cozinha, quarto e todo o restante”, lamenta.

Após ter o imóvel tomado pela água, Cléber foi para casa do seu compadre, que fica em um local alto. Lá, os sobreviventes ficaram duas noites ilhados. Quando a enchente baixou, o cenário era caótico.

“A cidade está devastada. É cena de filme de terror, nunca vi nada igual na minha vida e não quero nunca mais passar por isso. A cidade sumiu, levou tudo, até casas com famílias em cima”, conta.

Cléber menciona que a ajuda está vindo de todos os cantos do Brasil, mas que ainda há muito o que fazer. “A cidade precisa de água, suprimentos de higiene, limpeza e comida,.Vai precisar de muita ajuda para se reerguer”, conclui.

Em Roca Sales, até o momento, foi confirmada a morte de 10 pessoas.

Rádio Missioneira

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.