Às vésperas do primeiro jogo das quartas de final, a AGSL ainda tem dúvida sobre quem vai enfrentar

Compartilhe!

A AGSL ainda não sabe quem será seu adversário no jogo desta quarta-feira (02) e podemos ir além dizendo que nem a data deste jogo está confirmada. No dia 22 quando encerrou-se a fase de classificação a equipe enfrentaria a Assoeva, isso por que a associação classificou-se em sexto e a Assoeva em terceiro. Só que no último dia 25 o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) julgou e puniu o Atlântico de Erechim por escalação irregular de um goleiro.

Com a punição a equipe de Erechim perdeu seis pontos, e da liderança despencou para a terceira posição tornando-se assim o adversário da AGSL. Pelo regulamento o 3° enfrenta o 6° classificado. Enfim, tudo parecia definido, porém no mesmo dia do julgamento o Atlântico informou que iria recorrer da decisão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), e foi o que o fez. Na prática essa atitude do Atlântico pode até parar a competição até que saia uma decisão final, por isso que nem o jogo na quarta, independente de adversário, está definido.

A Federação Gaúcha de Futebol de Salão, em seu site oficial já marcou as datas, inclusive escalando a arbitragem de AGSL x Atlântico que seria de Leandro Sérgio Franceschi como arbitro principal e Luis Evandro Canton de auxiliar. Já no site do Atlântico permanece a informação de que o jogo é contra Teutônia (adversário antes do julgamento). A três dias da data oficial a AGSL vive essa incerteza, assim como ATSF, ASSAF, ALAF, ACBF, ADS, Assoeva e o Atlântico, todas as equipes envolvidas nestas quartas de final ainda aguardam uma decisão final.

O grupo de jogadores da AGSL tenta ficar alheio a tudo isso e se concentrar apenas nos treinamentos. Fabinho e Gustavo que vinham de lesão não treinaram na última semana buscando sua recuperação, Jean que também estava fora pelo mesmo motivo voltou a treinar na sexta feira. A expectativa agora é estar com o grupo completo para os confrontos, ainda que estes não estejam definidos.