São Luiz Gonzaga: Após análise do Centro de Operações do Estado, município registra o 21º óbito em decorrência da COVID-19 

Compartilhe!

Após análise de exames pelo Centro de Operações de Emergência (COE) do Rio Grande do Sul, São Luiz Gonzaga registrou a 21ª morte em decorrência da COVID-19. A paciente – uma mulher de 90 anos – internou no Hospital São Luiz Gonzaga (HSLG) no dia 30 de dezembro e faleceu no dia 8 de janeiro, sendo os exames encaminhados para Porto Alegre. O município foi notificado pelo COE Estadual sobre o resultado da análise na sexta-feira (15).

De acordo com o boletim epidemiológico de 14 de janeiro, 1.227 casos de COVID-19 foram registrados no município desde o início da pandemia. A Secretaria Municipal de Saúde reforça o pedido para que as pessoas fiquem em casa (saindo apenas em casos de extrema necessidade); usem máscaras de proteção facial ao circularem pelas ruas e estabelecimentos; evitem aglomerações (incluindo eventos familiares); mantenham a distância mínima de dois metros entre pessoas; realizem a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel; e ao espirrar ou tossir, usem lenços descartáveis ou cubram a boca e o nariz com o antebraço, entre outras ações a fim de evitar a disseminação do vírus.

ATENDIMENTO 

A ESF Centro realiza atendimento exclusivo aos pacientes com sintomas gripais. A unidade de saúde atende em três turnos, das 7 horas ao meio-dia, das 13 horas até às 16 horas e das 18 horas até às 22 horas, de terça a sexta-feira (nas segundas-feiras – de forma temporária – atendimento nos turnos da manhã e tarde). O ambulatório também realiza atendimento aos sábados, das 7 horas ao meio-dia e das 13 horas até às 19 horas.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Luiz Gonzaga com informações da Secretaria de Saúde