logo-nova

Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Agora é oficial: vai iniciar a revitalização do espetáculo Som e Luz

Compartilhe!

Projeto, que será concluído até o fim do ano, vai realizar uma completa modernização dos equipamentos e do show, que tem a mesma apresentação há 36 anos

Na próxima segunda-feira, dia 26 de maio, às 16 horas, será anunciado oficialmente o início das obras de modernização do espetáculo que acontece nas Ruínas de São Miguel. Para a solenidade, que será no Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo, em frente a Secretaria de Turismo, estão sendo convidadas autoridades municipais, regionais, estaduais, federais e toda a comunidade missioneira. Apresentado com os mesmos equipamentos sem nenhuma reestruturação há 36 anos, o show estava prestes a parar de funcionar, o que atingiria duramente o turismo da região missioneira. A Associação dos Municípios das Missões (AMM) se uniu aos esforços da administração de São Miguel das Missões, Instituto Iguassu Misiones, e outros apoiadores para viabilizar o projeto.

O prefeito de São Miguel e vice-diretor do Departamento de Tuismo (Detur) da Funmissões, Hilário Casarin mostra a satisfação por finalmente conseguir iniciar a tão esperada revitalização."O espetáculo Som e Luz representa o futuro do turismo missioneiro, pois tem reconhecimento internacional e eleva as Missões para o mundo", comemorou ao afirmar que "este é o primeiro passo rumo ao crescimento do turismo integrado na região. A conquista se deve a luta conjunta de muitas lideranças, entidades e comunidades que somaram esforços para tornar este sonho em realidade", completou Casarin. No Brasil, existem 12 Patrimônios Históricos da Humanidade e o único localizado na região sul do país é exatamente as Ruínas de São Miguel.

Viabilização de recursos

Para o início das obras, já estão disponíveis aproximadamente R$ 1 milhão e 700 mil, mas para que todos os serviços planejados no projeto sejam concluídos são necessários mais de R$ 2 milhões. Por isto, aproveitando a viagem à Brasília pela Marcha dos Prefeitos, na semana de 12 a 15 de maio, a diretora do Detur/Funmissões, prefeita de Sete de Setembro, Rosane Grabia, o vice-diretor, prefeito Hilário Casarin, o secretário Executivo, Geovani Gisler, o presidente da AMM, prefeito de São Luiz Gonzaga, Junaro Rambo Figueiredo e outras lideranças que congregam a Associação dos Municípios das Missões, se reuniram com representantes do Ministério do Turismo (MTur); Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN); Embratur; Sebrae Nacional, e outros órgãos federais, para conseguir a verba que está faltando para a conclusão de todas as etapas do projeto de renovação dos serviços oferecidos aos turistas.

A comitiva missioneira apresentou projeto para conseguir mais cerca de R$ 500 mil. A diretora do Detur, prefeita Rosane Grabia, está confiante de que os recursos serão liberados. “Nas audiências que mantivemos na Capital federal conseguimos mostrar aos responsáveis a importância da proposta para o turismo da região e que, mesmo sem termos toda a verba, vamos iniciar o trabalho pela urgência da reforma” explicou ao revelar que também estiveram em pauta nas reuniões os projetos para melhorar a sinalização turística, e outras ações que necessitam de verbas para fortalecer o turismo das Missões.

Turismo cultural aprovado pela Unesco

O Espetáculo “Som e Luz” narra a saga missioneira vivida pelos índios M’bya Guaranis e os padres Jesuítas da Companhia de Jesus desde o início do projeto de evangelização, o desenvolvimento e a derrocada das reduções jesuíticas. Anualmente, milhares de turistas vêm conhecer o Patrimônio da Humanidade e o Espetáculo de Som e Luz é a culminância dessa visita. O Sitio Arqueológico São Miguel Arcanjo e Som e Luz são considerados de importância histórica, tanto na América do Sul quanto no próprio Mercosul.

Nas reuniões especializadas de turismo do Mercosul foi definido o Circuito Internacional das Missões Jesuíticas como o primeiro atrativo do turismo cultural do Mercosul. E em 1996 a própria Unesco, em uma reunião que aconteceu em Cuba, colocou o Circuito Internacional das Missões Jesuíticas (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) entre as quatro rotas de turismo cultural mais importantes do mundo a serem desenvolvidas. As outras três rotas são o Mundo Maia (América Central), a Rota das Sedas (Ásia) e a Rota dos Escravos (Caribe).

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.