Agentes da Penitenciária de São Luiz Gonzaga não paralisam atividades

Os servidores da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) entraram em greve na manhã desta terça-feira no Rio Grande do Sul. De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado (Amapergs/Sindicato), Flávio Bastos Berneira Júnior, os eixos de debate são aposentadoria especial para as mulheres, revisão salarial para os administrativos e para os agentes, e melhores condições de trabalho.

Protestos em frente a presídios devem ser realizados ao longo do dia, no entanto, não foi confirmado o impedimento na entrada de pessoal nas casas penitenciárias.Na semana passada, um documento foi protocolado na Casa Civil para solicitar a abertura de negociação e a categoria aguarda uma resposta do governo.

Em contato com a reportagem da Rádio Missioneira, Gilmar Colpo, diretor da Penitenciária de São Luiz Gonzaga informou que as atividades dos agentes ocorre normalmente, sem adesão à paralisação estadual.