Rádio Online

Clique e confira

(55) 3352-4141

Fale conosco!

Rua Júlio de Castilhos 2236, Centro, São Luiz Gonzaga, RS

Acusado de homicídios em Porto Xavier é encaminhado ao sistema prisional

Compartilhe!

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Polícia de Porto Xavier, sob coordenação do Delegado Anderson Pettenon, efetuou o interrogatório de Ezequiel da Rosa, 36 anos após ter se entregue à polícia militar no começo da manhã.

O homem preso estava na condição de foragido desde a tarde de 13/06, após o Poder Judiciário acolher representação ofertada pela Polícia Civil pela sua prisão. A chacina foi praticada na noite de 12/06, por volta das 20h, no bairro Cruzeiro, em Porto Xavier. Na ocasião foram mortas três pessoas.

Desde após o fato, Polícia Civil e Brigada Militar faziam buscas pelo foragido, que estava escondido em local de difícil acesso, na zona rural. Em seu interrogatório, Ezequiel permaneceu em silêncio acerca dos fatos. As evidências, contudo, demonstram que se trata de crime passional.

A fim de garantir sua captura, preventivamente, a Polícia Civil já havia sido feito pedido à justiça pelo acionamento da Interpol, caso o preso se evadisse para a Argentina, o que poderia facilitar sua prisão no país vizinho pelas forças policiais locais, sendo solicitado pela colocação de seu nome na lista de internacional de procurados.

O inquérito policial será encaminhado à justiça no prazo legal de 10 dias. São aguardadas perícias a fim de concluir as investigações. Caso condenado pelo tribunal do júri, as penas podem ultrapassar 100 anos de prisão, sendo o tempo mínimo de 40 anos de execução em regime fechado de acordo com o código penal.

Fonte: Comunicação Social da 27ª DPRI

IMPORTANTE: Não autorizamos a reprodução de conteúdo em outros sites, portais ou em mídia impressa, salvo sob autorização expressa.