Acadêmicos do primeiro período recebem orientações sobre Drogas no IESA

Compartilhe!

 

Através do Núcleo de Apoio ao Discente (NAD), a CNEC Santo Ângelo, por meio do Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo (IESA), promoveu nesta terça e quarta-feira, 13 e 14 de maio, a segunda etapa da campanha IESA e Você contra as drogas: um movimento em favor da mente saudável.

O projeto, iniciado em meados de 2013, foi apresentado a todos os alunos ingressantes em 2014, nos seis cursos de graduação presenciais: Administração, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Fisioterapia e Pedagogia. Para as duas noites, foram preparadas palestras às turmas, mostrando os resultados do uso de drogas para a saúde mental e psíquica dos sujeitos.

“Num primeiro momento, mostramos aos alunos aspectos históricos e fisiológicos das drogas de abuso. Chamo assim porque droga pode ser qualquer substância capaz de alterar o funcionamento do organismo, inclusive de forma benéfica. O termo droga de abuso é o que acaba por melhor definir as já conhecidas drogas ilícitas”, destaca a professora especialista em Toxicologia, Juliana Roncato.

A segunda etapa da palestra foi dedicada à discussão da saúde mental e psíquica do sujeito, com ênfase nas relações familiares, de ensino-aprendizagem, trabalho e relações sociais. “Nosso objetivo foi destacar as consequências do uso de drogas no comportamento do indivíduo. Como exemplo, a falta de memória, de assimilação, a tristeza que leva à depressão e, por vezes, à morte”, explica a professora Amabilia Beatriz Portela Arenhart, psicóloga no Conselho Tutelar do município.

NAD

Conforme explicou a professora e psicóloga Juliane Colpo, o NAD atende os acadêmicos de forma gratuita, seja para ouvir ou para prestar auxílio em questões que podem problematizar o processo acadêmico. Como atua vinculado aos coordenadores de cursos, o aluno precisa, primeiro, agendar um horário junto à Secretaria das Coordenações. Além de Juliane, atua no NAD a professora e psicopedagoga Roseléia Schneider.