61 casos e um novo óbito por Covid-19 em Santo Ângelo

Compartilhe!

Mês de fevereiro é o terceiro pior mês na pandemia no município com 756 casos, ficando atrás de novembro e dezembro do ano passado. No primeiro dia de bandeira preta em todo o Rio Grande do Sul, medida adotada pelo Estado até o dia 7 de março, o município de Santo Ângelo registrou pelo quarto dia consecutivo mais de 60 casos do novo Coronavírus (Covid-19) a cada 24 horas e a confirmação do 96º óbito. Foram 61 notificações positivas na quarta-feira, 68 na quinta-feira, 66 na data de ontem e 61 neste sábado (27), totalizando 256 casos nos últimos quatro dias.

O quadro do município em dez meses de pandemia da Covid-19 tem 5.160 casos totais, com 4.752 pessoas recuperadas, 96 óbitos e 23.770 testes rápidos realizados. São 312 infectados com a doença, estando 290 pessoas em isolamento domiciliar e 22 internações hospitalares, com 5 internações na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A Secretaria de Saúde aguarda o resultado de 219 coletas de exame que se encontram para análise no Laboratório Central do Estado (LACEN-RS).

FEVEREIRO É O TERCEIRO PIOR MÊS NA PANDEMIA

Desde o primeiro caso registrado em Santo Ângelo, no dia 25 de abril do ano passado, a pior situação ocorreu em novembro com 1.054 casos (média de 35,1 ao dia), seguido por dezembro com 950 notificações da doença (média de 30,6 casos ao dia). O mês atual é o terceiro pior mês no cenário do vírus na Capital das Missões, com 756 casos e média de 28 confirmações diárias.

ÓBITO 96

Uma mulher, 55 anos, natural de Entre-Ijuís e residente em Santo Ângelo no bairro Menges, faleceu na noite da sexta-feira (26), às 22h52min, no Hospital Regional Unimed Missões (HRUM), de Covid-19, insuficiência respiratória aguda, infarto agudo do miocárdio e insuficiência renal crônica.

Texto: Rodrigo Bergsleithner

Assessoria de Comunicação da Prefeitura