Houve diminuição de 35% no número de pessoas mortas em acidentes

Foto: Divulgação - Fonte: PRF - Autor:
09 Julho 2018 13:07:17

A PRF divulgou hoje (09), os resultados obtidos no primeiro semestre de 2018 na região de Ijuí, realizando um comparativo com os dados do primeiro semestre de 2017. Mais uma vez, o grande destaque é a redução nos índices de acidentes, com uma redução de cerca de 35% no número de pessoas mortas.

Nas ações de educação para o trânsito e campanhas educativas, foram sensibilizadas mais de 3 mil pessoas em 2018, com destaque para as atividades de Cinema Rodoviário e campanhas educativas realizadas nas empresas e escolas da região. Importante destacar que essas atividades ocorrendo ininterruptamente, com ênfase no mês de Maio, chamado de Maio Amarelo, que é dedicado para atividades de conscientização e prevenção no trânsito.

Na área de fiscalização, foram realizados mais de 5 mil testes de alcoolemia, com um total de 143 condutores autuados para esta infração, sendo que 6 deles foram presos por dirigir sob influência de álcool. Em 2017, foram extraídos 155 autos e 17 motoristas foram presos nessas condições. Neste período, foram fiscalizados cerca de 14 mil veículos e pessoas.

Em relação a acidentes, os números são bastante positivos. No primeiro semestre de 2016, foram atendidos 124 acidentes com danos materiais, em 2017 foram 90, e neste semestre foram 29. Neste ponto, devemos informar que desde o mês de abril deste ano, houve uma modificação na sistemática de registro, sendo que nestes casos, via de regra, o próprio envolvido efetuará o registro através do site da PRF. Os números mais relevantes são os relacionados aos acidentes mais graves:

- Diminuição de cerca de 16% no número de acidente com feridos que passou de 89 em 2017, para 74 em 2018, redução de cerca de 16%.

- Diminuição de cerca de 35% no número de pessoas mortas em acidentes, que em 2017 foram 17 pessoas mortas e neste ano apenas 11 pessoas mortas.

Estes resultados contribuem para atingir a meta do Brasil e ONU em reduzir em 50% o número de acidentes graves até 2020.

 



Galeria da Notícia

flicker

Facebook