Ele foi ouvido pela polícia hoje e liberado

Foto: Arquivo/Rádio Missioneira - Fonte: Rádio Missioneira - Autor: Amanda Lima
14 Maio 2018 11:05:34

A equipe de investigação da Polícia Civil descobriu, ainda na sexta-feira (11), a autoria do crime que vitimou Jeferson Padilha, de 21 anos. Ele foi morto com tiro no abdômen em uma casa, na vila Trinta. O jovem chegou a ser socorrido vivo, mas morreu no hospital.

De acordo com a delegada Elaine Maria Schons, titular da Delegacia de São Luiz Gonzaga, as testemunhas do homicídio foram ouvidas na sexta-feira. Ficou agendada para a manhã de hoje (14) que o autor do disparo se apresentasse à polícia.

Segundo Elaine, ele declarou que o disparo foi acidental. O acusado não possui antecedentes criminais e irá responder o inquérito em liberdade. A arma usada no crime foi entregue e passará por perícia, para atestar a possibilidade de tiro acidente, conforme o indivíduo alegou em depoimento.

Morte de Sérgio da Rosa

A delegada também está com caso em que o empresário Sérgio da Rosa foi baleado na cabeça. As investigações estão em andamento, com previsão de concluir o inquérito em 30 dias, contados a partir de 03 de maio, data do crime. Ele morreu dias depois de ser internado.

Os acusados foram presos pela Brigada Militar poucas horas após o fato. Eles foram presos e liberados no dia seguinte. Em depoimento, os empresários, que são pai e filho, alegam que eles agiram em legítima defesa. Nenhum dos dois possui antecedentes criminais.



Galeria da Notícia

flicker

Facebook