Incêndio começou após ele atear fogo contra a casa da ex-companheira, pela segunda vez

Foto: Divulgação - Fonte: Rádio Missioneira com informações da Polícia Civil de Cerro Largo - Autor:
10 Abril 2018 04:04:43

No sábado (07), um complexo de oito casas foi totalmente destruído por chamas. Não havia informações oficiais a respeito do que ocasionou o sinistro, no entanto, ontem (09), um homem de 32 anos foi preso. Ele é o acusado de ter colocado fogo em uma das casas do complexo, em que a ex-companheira morava junto com os filhos do casal.

Saiba mais a respeito

Segundo indicam as investigações da Polícia Civil de Cerro Largo, na última quarta-feira (04), o suspeito teria incendiado uma casa localizada no bairro São José. Residência está que seria da ex-mulher, de 43 anos. Na ocasião, não havia ninguém na residência, a qual ficou completamente destruída.

De acordo com as informações da PC, o investigado teria localizado a nova residência da vítima e ateado fogo novamente na casa onde ela estava morando - o complexo que funcionava como pensão na Rua Marechal Floriano. Segundo relatos da vítima, horas antes desse segundo incêndio, o ex-companheiro teria feito ligação telefônica, proferindo ameaças e fazendo referências veladas ao primeiro incêndio, dando a entender que poderia cometer o crime novamente.

Ainda no último domingo (08), depois de realizadas investigações preliminares pelo Setor de Investigações da DP de Cerro Largo, foi encaminhada pelo Delegado Plantonista uma representação pela prisão preventiva do suspeito. A justiça acolheu o pedido da Polícia Civil e expediu mandado de prisão preventiva contra o causador dos incêndios. O suspeito foi preso ainda na tarde de ontem (09), por policiais civis. As investigações em torno dos incêndios devem ser encerradas num prazo de 10 dias.



Galeria da Notícia

flicker

Facebook