Durante a Expodireto, Paulo afirma que diversos debates foram feitos a respeito

Foto: Arquivo Rádio Missioneira - Fonte: Rádio Missioneira - Autor: Robson Gomes
10 Março 2018 04:03:45

A Expodireto, além de apresentar novas tecnologias, foi cenário de diversos debates. Conforme o presidente da Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), Paulo Pires, falou a respeito de pautas importantes para a região e que foram tema de discussões na feira.

Uma desses temas, foi  a taxa de juros no país, a qual elencou que apesar da Selic estar baixa, o preço não é praticado por instituições bancárias, o que dificultou o cenário de comercialização na feria. ?Todos sabem que os juros estão acima da Selic, mas ninguém fala a respeito. Todos querem vender e, se houver perspectivas do juro baixar, os produtores não investiram e vão esperar?, declarou.

Para Paulo, os problemas agora são pontuais, como por exemplo, o do mercado, em relação ao preço praticado e pago por produtos como leito, trigo e arroz. Além disso, o alto custo de produção também é questionado pelos produtores. Esses debates foram realizados junto ao ministro da agricultura, Blairo Maggi, que afirmou que o governo não tem como subsidiar a questão do preço.

Paulo Pires alertou ainda para a necessidade de o agronegócio ser mais reconhecido. Ele analisou que mesmo que se tenha conquistado mais espaço e mudado a imagem que se tinha a respeito do setor, o mesmo ainda precisa ser mais valorizado. O presidente destacou a importância da produção rural, que apresentou crescimento de 13% e alavancou o PIB do país em 2017, fator esse que faz com que justifique a necessidade de se dar mais atenção para a área. 

 



Galeria da Notícia

flicker

Facebook