É o segundo mês consecutivo de greve

- Fonte: Rádio Missioneira - Autor:
07 Novembro 2017 03:11:31

Policiais civis de São Luiz Gonzaga e região estão em greve mais uma vez. Pelo segundo mês seguido, a categoria decidiu em assembléia paralisar até a integralização dos salários. O parcelamento já ocorre nos últimos 22 meses na gestão de José Ivo Sartori.

Conforme o policial Jorge Oliveira, a greve foi a última saída encontrada pelos policiais. Além das dificuldades causadas pelo atraso salarial, a classe também protesta pela falta de políticas para segurança no Rio Grande do Sul e as condições de trabalho dos policiais. Na Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) de São Luiz Gonzaga apenas as ocorrências graves são atendidas. Jorge elenca algumas delas: flagrantes, casos envolvendo idosos, crianças ou mulheres, roubos e latrocínios. As demais, que não forem consideradas graves, deverão ser registradas após o fim da greve. Outra opção é fazer o boletim de ocorrência on line, pelo site da Polícia Civil.

O policial pede a compreensão da comunidade. "É um momento delicado, sabemos que causa algum transtorno, mas a reivindicação é justa", explica Oliveira.  A mobilização será encerrada quando o governo pagar integralmente os salários. A previsão é que isso ocorra até o dia 14 de novembro.

 

 



Galeria da Notícia

flicker

Facebook