Vladinis Miranda, de 28 anos, cursava o doutorado UFPEL

Foto: Reprodução/Facebook - Fonte: Rádio Missioneira - Autor: Amanda Lima
12 Fevereiro 2017 13:02:48

Um jovem inteligente, estudioso, trabalhador e de bem com a vida. É assim que amigos definem Vladinis Oliveira Miranda, morto em acidente de trânsito na manhã de hoje (12) na BR 285. O veterinário, com 28 anos, tinha o título de Mestre, obtido em Brasília, e cursava o doutorado em Reprodução Animal desde 2015 na Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). Recentemente, ingressou como oficial no Exército. "Ele estava radiante", relata Roberta Leão de Oliveira, amiga da vítima.

Conhecido carinhosamente como "Chico" ou "Chiquinho", Vladinis tinha grande círculo de amigos. "Pessoa tranquila, de muito bom humor ao lado dele não tinha tristeza, adorava uma festa, baile, semana farroupilha e carnaval", lembra Roberta. "Com ele era diversão na certa", complementa a jovem.

Veja mais:

Comoção marca velório de família que morreu em acidente

Nas redes sociais, já passa de uma centena as homenagens deixadas, com fotos e mensagens de carinho de amigos e conhecidos. Os recados também são deixados nas redes sociais da mãe, Raquel Oliveira, e do pai, Vlads Paim Miranda. Além dos pais e do irmão mais novo, ele deixa a namorada, o qual estava em um relacionamento sério desde 2015.

Dedicação aos animais

Vladinis é de família de pecuaristas. Era o braço direito do pai, proprietário da Cabanha do Rosário, especializada em ovinos Texel. O vasto conhecimento do veterinário e a dedicação ajudou a cabanha a conquistar importantes prêmios em feiras. Na Expointer, a mais importante do setor, a cabana já foi grande campeã em 2015 e todos os anos obtinha ótimas colocações.

"Hoje é um dia de muita tristeza para a Cabanha Forqueta. Vladinis-Veterinário da cabanha e filho dos nossos grandes amigos Vlads e Raquel - e nosso querido, mais do que amigo, deixou esse plano, nos deixou... Ficarão as melhores lembranças, ficará o carinho e ficará sempre teu lugar na Cabanha Forqueta e em nossas vidas", postou o proprietário da cabana. A Forqueta era parceria da cabanha do Rosário, com criação de animais em conjunto.

Velório

O velório começou por volta do meio dia, na capela Bom Pastor, em Santo Antônio das Missões. O sepultamento será amanhã (13), às 8h, no cemitério municipal. O sepultamento das outras cinco vítimas do acidente também será amanhã, no Cemitério de São Luiz Gonzaga, às 8h. A colisão resultou em seis mortes. Uma passageira do veículo Parati e o passageiro de Vladinis sobreviveram ao acidente e passam bem. 



Galeria da Notícia

flicker

Facebook